Bem-vindo ao CLUBEBET. Por favor, faça o login ou registe-se.
Total de membros
12
Total de mensagens
763
Total de tópicos
763
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Depois de um período bastante conturbado no FC Porto, com o afastamento dos treinos da equipa principal, numa decisão conjunta de Sérgio Conceição e a então Administração da SAD presidida por Pinto da Costa, Iván Jaime está determinado em justificar os 10 milhões de euros que os azuis e brancos investiram há um ano na sua contratação.

Primeiro teste do FC Porto deu vitória com golos em castelhano
Primeiro teste do FC Porto deu vitória com golos em castelhano
Vitória por 4-0 sobre a Sanjoanense

Havia grande expectativa aquando da chegada do craque espanhol ao plantel portista, ele que em 2022/2023 foi considerado o melhor jovem da Liga portuguesa, numa escolha dos capitães e treinadores de todas as equipas do escalão primodivisionário do futebol português.

Iván Jaime teve dificuldades em se adaptar à metodologia de trabalho de Sérgio Conceição e jogou esporadicamente na temporada até ao momento em que ocorreu um episódio no balneário do Olival que desagradou ao treinador após o empate caseiro com o Famalicão, que envolveu o espanhol e o mexicano Jorge Sánchez.

Os dois, tal como André Franco e Toni Martínez, foram riscados das opções e passaram a treinar-se em horários diferentes da equipa principal sob a orientação de um preparador-físico do clube. A situação gerou enorme desconforto e a empresa que gere a carreira do espanhol emitiu mesmo um comunicado a contestar o facto de o jogador estar privado de jogar e exercer a sua profissão normalmente. A verdade é que nenhum deste quarteto foi mais utilizado por Sérgio Conceição, nem sequer marcou presença na final da Taça de Portugal e na consequente entrega do troféu no museu do FC Porto.