Bem-vindo ao CLUBEBET. Por favor, faça o login ou registe-se.
Total de membros
12
Total de mensagens
756
Total de tópicos
756
0 Membros e 2 Visitantes estão a ver este tópico.
DELLBRUCK — Foi no modesto DSC, Delbrucker Sport-Club, que o caminho de Roger Schmidt como treinador começou a desenhar-se. Uma das mais belas histórias do rapaz da aldeia que vingou a nível internacional. Um emblema ainda distante de Kierspe, a sua terra natal, mas o ponto de partida para o desvio como engenheiro mecânico, área onde se formou. Dellbruck foi berço do futebol do técnico alemão. Onde terminou a carreira de jogador e iniciou a de treinador. Conciliou até ambas num primeiro ano.

A viagem às origens de Roger Schmidt conduziu A BOLA até este clube que pretendia conhecer, de forma mais pormenorizada, a personalidade do alemão. Para tal, tivemos a ajuda de Dário Figueiredo, que foi, tão somente, o primeiro jogador português orientado pelo germânico. Um testemunho especial do que existe atrás deste treinador que, em Portugal, raramente se deu a conhecer.


Este foi o primeiro banco utilizado pelo treinador do Benfica (MIGUEL NUNES)
São 10 horas e à entrada do Stadion Laumeskamp já nos aguardava Dário Figueiredo. Devidamente equipado com a camisola da Seleção. A última vez que havia estado no local já passavam mais de 10 anos. «Isto para mim é especial. Era avançado, tinha talento e marquei golos em todas estas balizas. Tenho pena porque há 20 anos as redes sociais ainda não existiam. Tenho pouca coisa guardada...», começa por nos dizer o antigo avançado que, em 2004, era uma das promessas deste emblema que nunca passou das ligas regionais.